Informações Oncologia e Crioablação

O QUE É A CRIOABLAÇÃO?

A Crioablação é um método minimamente invasivo para tratamento de pequenos tumores e também para tratamentos paliativos que foi incorporado, principalmente a partir dos anos 2000, à prática médica em grandes Hospitais Americanos e Europeus e há cerca de 10 anos vem sendo estudado e aplicado aqui no Brasil.

A técnica da Crioablação consiste na inserção de um “probe” semelhante a uma agulha fina, através da pele do paciente, sem a necessidade de cortes, utilizando um método de imagem para guiar esta inserção de forma segura, precisa e em tempo real.

Os métodos de imagem utilizados são a tomografia computadorizada e aparelhos de ultrassom de alta tecnologia, equipados com softwares de fusão de imagens. Em seguida, com o “probe” posicionado no interior do tumor, promove-se o congelamento do mesmo a temperaturas que podem chegar de – 140°C a – 150°C, envolvendo todo o tumor em uma espécie de “bola de gelo”.

Esse processo gera a morte do tumor pela formação de cristais de gelo intra e extra-celulares que levam à destruição das células tumorais, tudo feito de forma precisa e segura.

ATUALMENTE, NO BRASIL, EM QUE TRATAMENTOS UTILIZA-SE A CRIOABLAÇÃO?

Alguns Hospitais que possuem área especializada em Oncologia vêm utilizando a Crioablação para tratamento de tumores renais, tumores primários e metástases pulmonares, tumores hepáticos e ósseos.

A Crioablação é também indicada para o tratamento paliativo ou controle de dor em pacientes com tumores primários ou metástases ósseas, inclusive para pacientes que não apresentam melhora da dor oncológica com tratamento clínico medicamentoso exclusivo ou associado à radioterapia.

QUAIS ESPECIALIDADES MÉDICAS PODEM UTILIZAR A CRIOABLAÇÃO?

Normalmente, a Crioablação é um procedimento realizado em hospitais com infraestrutura que contém tomografia computadorizada com tecnologia de fluoroscopia e é necessário também uma equipe multidisciplinar experiente e qualificada, composta por Médicos Radiologistas Intervencionistas com alto nível de treinamento que trabalham em conjunto com Médicos Especialistas das áreas de Oncologia, Urologia, Ortopedia entre outras.

QUAIS AS VANTAGENS DA CRIOABLAÇÃO?

  • É um método com baixa taxa de complicações. A Crioablação é segura e eficaz e apresenta baixa de morbidade.
  • O pós-operatório da Crioablação traz pouca dor ao paciente, muitas vezes o paciente nem apresenta dor. Por tratar a lesão tumoral de forma “direcionada”, a Crioablação consegue preservar a função do órgão-alvo tratado de forma quase completa ou com mínima perda funcional.
  • Em mais de 95% das situações clínicas as quais o método se aplica, não há necessidade de o paciente ficar na UTI no pós-operatório, além disso, o paciente permanece pouco tempo internado no Hospital e tem rápida recuperação.